Ford Model T

Ford Modelo T foi um automóvel produzido pela fábrica norte-americana Ford, que popularizou e revolucionou a indústria automobilística. Vigésimo projeto da marca, foi fabricado por 19 anos, entre 1908 e 1927

Em 1° outubro de 1908 [2] a Ford lançou no mercado dos Estados Unidos o seu Modelo T, um veículo confiável, robusto, seguro, simples de dirigir e, principalmente, barato.

Qualquer um era capaz de dirigi-lo ou consertá-lo, sem precisar de motorista ou mecânico.

A fabricação ganharia notável incremento a partir de 1913[3] quando Henry Ford, inspirado nos processos produtivos dos revólveres Colt e das máquinas de costura Singer, implanta a linha de montagem e a produção em série, revolucionando a indústria automobilística. O T era o primeiro carro projetado para a manufatura.

Pode-se afirmar com segurança que a indústria automobilística começou a partir deste momento, pois até então, fabricado artesanalmente, o automóvel ainda era visto com desconfiança pelos americanos. Não passava de um brinquedo barulhento, perigoso e caro.

Com estas inovações, em vez de um operário ficar responsável pela produção de todas as etapas, várias pessoas ficavam responsáveis pela produção de etapas distintas. Henry Ford criou um engenhoso sistema de esteira, que movimentava o carro em produção em frente aos operários, para que cada um executasse a sua tarefa. Isto aumentou em muito a produtividade, pois uma unidade ficava pronta a cada minuto.

Em consequência, o custo unitário caiu em relação aos concorrentes. E a queda de preço foi constante: em 1908, ano de seu lançamento, cada modelo custava US$ 850; em 1927, último ano de sua fabricação, o preço havia despencado para US$ 290.

Por estas razões, o T conquistou o público americano e de outros países. Em 1914 é iniciada sua fabricação na Argentina. Em 1917 é lançado o caminhão Modelo TT. Em 1919 a Ford se torna o primeiro fabricante de automóveis no Brasil, com a produção do carro e do caminhão dessa linha. Em 1920, mais da metade dos veículos que circulavam ao redor do mundo eram modelos T e podiam ser vistos até em países distantes como Turquia e Etiópia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *